Gerente da ONU Mulheres, Adriana Carvalho participa de entrevista no programa Mulher com M Maiúsculo

Segundo o Dossiê BrandLab, divulgado pelo Think With Google, “o volume de buscas sobre feminismo cresceu mais de 200% nos últimos dois anos e alcançou patamares equivalentes aos de racismo, que sempre foi o tema relacionado a diversidade mais discutido do Brasil”.

A ONU como uma organização mundial ligada nas tendências progressivas do globo, não podia deixar de se organizar em torno dessa tendência. Para isso, a ONU Mulheres tem uma estratégia consolidada de ação que já integra centena de países. A gerente da iniciativa no Brasil é Adriana Carvalho, que explicou um pouco do seu trabalho no programa Mulher com M Maísúculo. Vale muito a pena assistir:

Iniciativas da ONU Mulheres

Organizadas semanalmente pela ONU Mulheres em Roraima, cerca de 180 mulheres venezuelanas são as primeiras beneficiadas de rodas de conversas, baseadas na metodologia Espaços Seguros. Desde o mês de julho, elas dispõem de momentos para compartilhar histórias e discutir formas de reconstrução de suas vidas no Brasil.

A proposta do projeto é atender venezuelanas em situação de migração de diferentes localidades, oferecendo conhecimento e inclusão. “Os conteúdos são estabelecidos de maneira conjunta — um encontro inicial é realizado e, a partir dele, são as migrantes que escolhem as temáticas das próximas conversas, que são diferentes em cada abrigo, de acordo com suas necessidades, interesses e desafios”.

Outra iniciativa interessante é  que a Agências de publicidade e anunciantes de toda América Latina e Caribe são convidados pela ONU Mulheres a inscrever, até o dia 6 de setembro, campanhas originais, empáticas e estratégicas que transformam os estereótipos de gênero. Poderão participar as campanhas produzidas e veiculadas entre 1º de agosto de 2018 e 6 de setembro 2019, que tiveram como objetivo posicionar produtos e/ou serviços em qualquer formato comunicativo: TV, rádio, jornalismo impresso ou plataformas digitais, entre outras. Saiba mais sobre o concurso, clicando aqui.

CONHEÇA O TRABALHO DA ONU MULHERES 1

CONHEÇA O TRABALHO DA ONU MULHERES 2

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here