Entenda de uma vez por todas como a sua saúde sexual pode contribuir para o seu bem-estar ao longo de seus nove meses de gestação

Não há dúvidas de que sexo e saúde andam juntos, porém quando o assunto é gravidez muitos dissociam a palavra sexo como se ter uma vida sexual ativa não fosse um benefício tanto para a gestante como para o dbebê.
Portanto para acabar de vez com este tabu, separamos abaixo alguns dos pontos pelos quais você deve manter a sua vida sexual ativa durante a gravidez:

Como o sexo alivia o stress durante a gravidez?

6 dicas de como potencializar sua vida sexual durante a gravidez 1
Esposa está tomando bem seu marido

Alívio de stress: O stress é um mal que acomete a todos nós nos dias atuais, sendo muito mais nocivo e impactante a uma gestante.

Isso ocorre porque seus efeitos colaterais podem ser sentidos, ainda que de modo mais leve, pelo bebê.

No entanto, pesquisas recentes mostraram que manter uma rotina sexual pode ser suficiente para o controle do stress no período gestacional.

Isso porque, durante a atividade sexual, o corpo libera hormônios e endorfinas que ajudam a reduzir consideravelmente o nível de stress da gestante.

Sendo assim, uma determinada frequência sexual, contribui e muito para uma maior qualidade de vida se mantida ao longo dos nove meses de gestação.

Respiração e ansiedade: Além disso, outro benefício proporcionado pela atividade sexual durante a gravidez é a correção do ritmo respiratório.

Esta correção faz com que os níveis de ansiedade desacelerem, deixando-a mais calma e centrada nas atividades do dia a dia.

E os benefícios não param por ai, a intensidade da atividade sexual também é responsável por uma maior frequência respiratória.

Com isso uma melhor oxigenação tanto do cérebro como do organismo reflete garante uma gestação equilibrada e reflete diretamente na saúde de seu bebê.

Controle da Impulsividade: O sexo pode também ser também o melhor remédio para uma outra característica típica da gravidez, a impulsividade.

É muito comum que gestantes sintam desejos por determinados alimentos durante o período gestacional.

Comida e Sexo: Porém o que ocorre é que, nem sempre a ingestão destes alimentos geram uma recompensa satisfatória.

Muitas vezes o que se sucede é que a gravida precisa ingerir uma grande quantidade do alimento que deseja para se sentir satisfeita.

6 dicas de como potencializar sua vida sexual durante a gravidez 2
Marido está segurando sua esposa

Para que o aumento de peso não traga consequências ainda piores, que tal unir o útil ao agradável?

Que tal ingerir estes alimentos em pequenas quantidades na hora do sexo, de modo criativo que inclua também o seu parceiro?

O prazer proporcionado pela atividade sexual e o seu gasto de energia combinado com a ingestão do alimento serão suficientes para cessar aquela vontade inquietante em minutos.

Isso acontece porque o desejo por determinado alimento pede por um algo a mais que somente o sexo pode proporcionar.

Como o sexo ajuda a manter a sua disposição durante a gravidez?

É verdade que durante todo o período gestacional, boa parte de nossa energia e disposição se perde, pois muito do que consumimos vai para o bebê que está sendo gerado, porém isso não deve ser desculpa para que você faça corpo mole ao longo de seus nove meses de gestação.

Manter uma rotina sexual ativa pode ser o suficiente para que você se sinta disposta a fazer mais em menos tempo. Vamos abaixo a algumas dicas sexuais que podem te ajudar a ter mais disposição durante a gravidez.

Sexo e movimentos corporais: Durante o ato sexual alguns movimentos podem não só gerar mais disposição como melhorar a circulação sanguínea além de estimular ainda mais o seu parceiro e tornar a cena mais picante.
Estes movimentos por sua vez, também trazem benefícios ao bebê a qualquer tempo da gestação, quando combinados as posições certas, vamos a eles:

Movimentos das Pernas: Papai e mamãe: Embora seja uma posição na qual você está deitada e o seu parceiro faça a maior parte dos movimentos, você pode exercitar alternadamente o movimento de suas pernas de duas formas com movimentos pra cima e pra baixo (podendo até mesmo algumas vezes “abraçar” o corpo do parceiro com as pernas.

Outro movimento que você pode fazer com as pernas nesta posição sexual é movimentando-as vagarosamente (com algumas pausas durante o ato sexual) para frente e para trás.

6 dicas de como potencializar sua vida sexual durante a gravidez 3
Par, relaxante, lar

Outro benefício que você pode explorar durante o sexo neste segundo movimento sexual é o de acariciar a panturrilha do seu parceiro com os pés, trata-se de um exercício que mistura disposição e afeto e que pode estimular ainda mais o seu parceiro.

Movimento com os braços: Os movimentos do braço podem ser também bastante estimulados durante os atos sexuais na gravidez, manter tal rotina contribui para uma maior agilidade da gestante em atividades tanto braçais como manuais.

Posição de conchinha (posição lateral): esta posição sexual permite dois movimentos bastante interessantes, o primeiro é o movimento horizontal do braço (semidobrado) que deve deslizar vagarosamente do rosto ao joelho dobrado. A frequência deste movimento deve ser bem espaçada durante o ato sexual.
Outro movimento que pode ser feito com os braços nesta posição sexual é o alongamento horizontal do braço superior (para conseguir executar este movimento, certifique-se de que sua cabeça esteja à uma distância considerável da parede da cama).

Movimento com os ombros: O movimento dos ombros durante o ato sexual é também muito benéfico a gestante, confira abaixo as posições nas quais ele pode ser executado.
Posição de Conchinha: Além dos movimentos descritos acima, esta posição sexual é bastante propícia ao exercício dos ombros, que devem ser movimentados lentamente para cima e para baixo de modo espaçado ao longo do ato sexual.

Este mesmo movimento pode ser repetido (do mesmo modo) na posição de Papai e Mamãe.

Movimentos com a cabeça: Alguns movimentos com a cabeça também podem ser úteis durante o ato sexual, confira abaixo as melhores posições sexuais para movimentos com a cabeça:
Posição Papai e Mamãe Clássico, Papai e Mamãe Alternativo e Cachorrinho: nestas três posições a gestante pode fazer tanto um movimento circular espaçado com a cabeça como um movimento para cima e para baixo, bem como para os lados.

Este movimento deve ser feito lentamente e com os olhos fechados, sendo muito útil para o alívio do stress, concentração e controle da ansiedade durante a gravidez.

Outra questão em que o sexo pode contribuir e muito para o seu bem-estar durante a gravidez é na questão emocional, isto porque neste período é comum que a mulher se sinta mais sensível e fragilizada, portanto uma rotina sexual afetiva com o parceiro é mais do que recomendada.
Vejamos abaixo quais os melhores afetos sexuais considerando algumas das sensibilidades mais comuns durante a fase gestacional:

Sugar os mamilos: Esta é uma das áreas que mais mudam ao longo dos nove meses de gestação, por isso é ideal que o seu parceiro chupe os seus mamilos de modo afetuoso e sútil, este afeto pode ser feito tanto no início como ao fim do ato sexual.

Recber este afeto melhora a autoestima e a confiança da mulher em relação às mudanças de seu corpo durante a fase gestacional.

vida sexual
sexo e gravidez

Sexo oral: Este é um dos melhores afetos que uma grávida pode receber durante o ato sexual, pois trata-se de um afeto que estimula a endorfina (hormônio da alegria), sendo consequentemente benéfico ao feto.
Ele pode ser feito em qualquer etapa da gravidez, principalmente nas etapas finais, quando a grávida não se sente confortável em realizar algumas posições, mas ainda sente desejos sexuais.

Banho de gato (completo): Este é um dos principais exercícios afetivos sexuais que se pode praticar durante a fase gestacional, sendo ideal para os momentos em que a gestante se sente sozinha e emocionalmente sensível.
Uma dica para apimentar ainda mais o seu banho de gato e utilizar passar alimentos como mel, ou chantilly em algumas partes do corpo do parceiro, tornando o sexo além de descontraído, mais saboroso.
Massagem relaxante: Uma simples massagem relaxante é um dos melhores presentes que o seu parceiro pode proporcionar a você, ela pode ser feita tanto antes como depois do ato sexual.
Massagem Pré-sexual: Quando feita antes ela pode tanto estimular como relaxar o stress presente no corpo, um dos melhores pontos para massagear o corpo antes do sexo é a nuca, e também as partes íntimas.

Embora o foco seja em estímulos para a gestante é interessante que ela retribua, um pouco do seu afeto massageando o seu parceiro, de modo a descontrair o ambiente.

Massagem Pós-Sexual: Esta massagem costuma ser menos comum, porém caso queira experimentar, é ideal que ela tenha um aspecto mais afetivo do que relaxante, como se ela fosse uma continuação (afetiva) ao ato sexual.

Algumas áreas interessantes de se acariciar no corpo da gestante é exatamente a barriga, utilizando um óleo de massagem próprio, e fazendo um movimento circular com uma das mãos.

Outra áreas que são bastantes propícias durante a massagem afetiva após o sexo, são as coxas, assim é ideal que o seu parceiro (utilize um óleo de massagem), e deslize com as duas mãos para baixo repetida e lentamente.

6 dicas de como potencializar sua vida sexual durante a gravidez 4

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here